Spaghetti ai Frutti di Mare

Please log in or register to like posts.
News

Spaghetti ai Frutti di Mare. Eu não sei você, mas eu amo tudo que vem do mar.   Frutti di Mare,  pequenos animaizinhos extraídos do mar, tais como crustáceos, moluscos e outros pequeninos marinhos, com exceção dos peixes.

Agregados a um espaguete ‘al dente’  formam o maravilhoso, espetacular incrível …   Spaghetti ai Frutti di Mare Com macarrão, camarões lulas, vieiras,  lagostins, polvo,  um toque de açafrão, vinho branco e raspas de limão siciliano.Camarão de Fortaleza

Tá conseguindo imaginar como fica isso?  bom demais da conta!

E quem disse que esta sofisticada receita é difícil de fazer?Fácil fácil e um verdadeiro prazer aos sentidos. A mistura de aromas, sabores e cores formam uma perfeita alquimia e  um sucesso garantido em qualquer ocasião.  Vem comigo espiar?  Você vai precisar …

INGREDIENTES:

  • 500gr de espaguete grano duro(usei o fettuccelle 6) 50 ml azeite
  • Cheiro verde (salsa e cebolinha) picados a gosto, aqui como ter em casa ervas frescas  sempre a mão
  • Sal a gosto
  • 2 limões sicilianos
  • Pimenta do reino  a gosto
  • 100 ml vinho branco
  • 500 g polvo limpo e já cortado em pedaços grandes 5cm mais ou menosComo o polvo reduz 1/3 durante o cozimento, o tamanho do pedaço cortado também reduzirá se cortar muito pequenino corre o risco de desaparecer.
  • 250 gramas de lulas limpas e já cortadas em anéis
  • 500 gramas de camarões limpos médios rosa
  • 150 gramas de vieiras
  • 250 gramas de lagostins limpos
  • 1 lata de tomate pelado italiano
  • 1 colher (café) de açafrão  (usei 1 envelope 4g de paellero)
  • 5 dentes de de alho picados ( 2 amassados para temperar os frutos do mar – aqui 3 modos de retirar a casca do alho em 1 seg.
  • 1 cebola roxa bem picadinha – aqui, Corte Brunoise maneira mais simples de cortar a cebola
  • 100 ml caldo de peixe ou caldo de camarão

DICA-POLVO:O ideal seria comprar o polvo espanhol, muito mais macio e  suculento, que o nosso polvo. O polvo nacional é mais ‘durinho’ .  Fazendo uma analogia entre a carne bovina, o Polvo Espanhol lembra um filet mignon já o Nacional uma carne de segunda,  como um coxão duro. O kilo do polvo que já não é barato, por conter muita água não rende e no cozimento reduz quase para 1/3 do volume inicial. O preço do  Polvo Espanhol, assim como a carne de primeira, também é mais caro. Você deverá pagar por ele, cerca de 3x mais que o Polvo Nacional.   Então  o negócio é improvisar. Como o polvo tende a ficar meio ‘borrachinha’,  fazemos como a carne de segunda e o colocamos na panela de pressão! Cozido assim fica macio e o resultado de sabor tão perfeito quanto o espanhol!

COMO FAZER:

O preparo se divide em duas partes …

  1. Parte I, Cozimento do Polvo: Compre o polvo limpo.
  2. Peça para cortar a cabeça desprezar o que tem dentro e cortar tudo em pedaços de 3 dedos.
  3. Aí quando chegar em casa, na hora do preparo basta, dar uma lavadinha em água corrente e deixar de molho  no suco de 1 limão expremido, por uns 5 minutinhos .
  4. Na panela de pressão, aqueça o azeite
  5. E refogue a cebola porem não muito tempo, a intenção  não é  dourar a cebola, apenas  ‘soa-la’ , ela entra neste preparo quase in natura, quase crua. Em seguida coloque o polvo.
  6. De uma ‘selada’ no polvo até que  ele fique rosinha, cerca de 3 minutos, percebeu que ele mudou de cor? Coloque o vinho, eu não tinha vinho em casa e na geladeira tinha uma champagne do dia anterior, usei e ficou ótimo, super recomendo também!
  7. Agora é vez do caldo de peixe ou pode ser o caldo de camarão na dúvida usei os dois juntos, 1/2 de peixe + 1/2 de camarão, lembrando o caldo de um fideuá (variante da paella, prometo trazer em breve, esta receitinha  para você experimentar também).
  8. Acrescente a  latinha de tomate pelado italiana. Tampe e deixe o polvo cozinhar entre 20 a 30 minutinhos mais o menos ou até que ele esteja macio, mas sem desmanchar.
  9. Parte II,  Enquanto o povo cozinha … Preparo dos outros frutos do mar:
  10. Primeiro temperamos. Esprema o limão siciliano.  Caso você não goste de algum desses fruto do mar, substitua-o por qualquer outro de sua preferência  Por favor a única régra aqui é não ter régras,  essas variantes são sempre ao gosto do freguês.
  11. 1/2 dente de alho amassado para cada um dos moluscos, pimentinha do reino ralada na hora e sal a gosto e deixe-os mariando por alguns minutinhos. enquanto isso … douramos o alho
  12. Em uma outra panela aquecida coloque o azeite, refogue o alho ( até ficar amarelinho)
  13. Acrescente os frutos do mar que estavam marinando no tempero.
  14. Primeiro o camarão, depois os lagostins, na verdade a ordem não importa só vá adicionando aos poucos afim de que a panela não esfrie. A panela não pode perder  temperatura,  não pode formar água, pois se formar água endurece os moluscos.
  15. Não despreze o suco dos limões onde os moluscos estavam marinando,  reserve-o, pois já já vamos reaproveitá-lo, mas agora coloque na panela apenas os frutos do mar.
  16. Lembrando que esta refogada é bem rápididinha, apenas uma selada de 4 a 5 minutinhos no máximo pois se cozinharmos muito eles  endurecem  e viram ‘borrachinhas’.
  17. Como boa filha de espanhóis adoro um açafrão, gosto do sabor  … da cor  … do aroma, de tudo…
  18. Acrescente  então o diferencial deste Spaguetti ai frutti di mare em relação aos outros Spaguetti ai frutti di mare.
  19. O nosso ‘segredinho mágico’,   …  ‘açafrão’ Usei o paellero, também inspirada no caldo do fideuá. (O Paellero contém açafrão, coloral e outros condimentos usados na paella e no fideuá).
  20. Fica muito bom, dá um toque especial e o que sobrar deste tempero você poderá reaproveita-lo no preparo de  risotos e ou arroz ao forno. Lembrando que se não encontrar, açafrão é suficiente! Fica  lindo! De dar água na boca e nosso prato já está praticamente pronto, só falta misturar as duas panelas (polvo + outros frutos do mar).
  21. Desligue o fogo e reserve.  ah lembrando que nesta hora você já pode por a água do macarrão para ferver… … aqui  todas as dicas para preparar uma autêntica pasta ‘al dente’
  22. voltando ao polvo …  após 30min de cozimento na pressão ele deverá estar assim …
  23. POLVO:Suculento!!  ‘AMO’    ‘AMO’    ‘AMO’ 3 ‘amos’ porque de todos os frutos do mar,  polvo é o  que eu mais amo 😉
  24. Macio … cozido assim …MARAVILHOSO! Agora se você não gosta de polvo ou não tiver em casa, não pule esta etapa, não deixe de fazer este molho. Faça-o  da  mesma maneira só que sem o polvo.
  25. Em uma panela que não precisa ser de pressão, coloque  o azeite, a cebola, o caldo de peixe (ou camarão ou ambos) + o vinho branco, o molho de tomate a pimenta e o sal. Deixe levantar fervura, abaixe o fogo e deixe os ingredientes apurando, lentamente até ficar bem reduzido, lembrando um esmalte.
  26. Misture o polvo com os frutos do mar  misturando todos os ingredientes e incorporarando os sabores, acrescente cheiro verde a gosto + os caldos de limão que estavam reservados nos bowls onde temperamos os frutos do mar
  27. Misture bem tudo, deixe ferver por 1 minuto
  28. Não mais que 1 minuto  a fim de que nossos frutos do mar não fiquem borrachudos, todo cuidado é pouco.
  29. Após misturar as duas panelas, se você observar que tem muito caldo ainda, com ajuda de uma escumadeira, retire os frutos do mar, reserve-os num bowl a parte  e deixe o molho reduzir até encorpar lembrando a textura de um esmalte.
  30. MONTANDO O PRATO:Após encorpado, devolva ao molho os frutos do mar e  agora é só servir.
  31. Coloque o espaguete ‘al dente’ no prato cubra com o molho e  polvilhe com raspinhas de limão siciliano e Mangia che te fa bene!  Espia só como fica isso!   O molho é suave delicado,  com aroma incrível
  32. A massa amarelinha,  um charme  a parte!  Espero que você experimente!

 

  • tempo de preparo: 30 minutos
  • tempo de cozimento: 20/30 minutos para polvo e 10 para os frutos do mar
  • Rendimento aproximado: 6 porções

tenho certeza que você vai se deliciar, montar e encantar seus convidados

Obrigada pela visita,

Camarão de Fortaleza

um beijão, Natalia Posses.

 

 

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *